quarta-feira, setembro 30, 2009

Crítica a um bar de São Paulo vira polêmica na blogosfera


No último dia 20 de setembro, um dos autores do blog Resenha em 6, que faz críticas sobre filmes, CDs, DVDs, livros, shows, botecos, restaurantes e programas de TV, fez um comentário sobre o serviço prestado em um bar de São Paulo, no bairro de Vila Madalena. E tudo isso acabou em uma engraçada e estranha confusão.

Após publicar seu post, várias pessoas que já tinham frequentado o bar citado, começaram a vir em pencas fazer críticas aos serviços ruins já citados por Raphael Quatrocci, um dos proprietários do blog. Se tudo tivesse ficado nesse termo teria sido mais um blog com um post engraçado e comentários extravagantes, mas tudo ganhou mais peso quando o dono do Boteco São Bento foi nos comentários e começou a ameaçar Raphael por ter criticado o seu estabelecimento. Agora ele enviou entrou com um processo uma notificação extra-judicial contra o citado.

O post após ganhar vida no twitter, virou um dos assuntos mais polêmicos e comentados na blogosfera hoje. Antes, quando visitei a primeira vez, a resenha de Raphael tinha míseros 20 comentários, incluindo já o do senhor Jonas, proprietário do bar, hoje quando retornei o pequeno post atingiu a incrível marcar de quase mil comentários. No Twitter virou hastags especial (#FreeResenhaem6), e até Rosana Hermamm (@rosana) apoiou o Resenha em 6.


Tudo virou confusão quando o dono do bar, alguns funcionários e admiradores começaram a dizer que ninguém pode falar o que pensa na Internet. Peralá! Então quer dizer que se eu consumo um produto e ele não é bom não posso mais fazer um comentário? Não importa qual o tipo, seja positivo ou negativo, hoje mais que nunca as empresas estão de olho nos blogs e redes sociais, pois nela os clientes/consumidores dizem o que acham de cada produto/serviço.

Esse é um grande marco. Assim, os empresários deveriam pegar os comentários negativos e tentar modificar seu modo de pensar e agir, e conduzir sua empresa e transformar seus produtos e serviços em algo que seja aprovado por todo seu público, arrecadando assim muito mais clientes para seu cadastro, não acham? Ponto certo é esse que até na Folha saiu matéria falando sobre o assunto.

Mas no caso do Boteco São Bento, a crítica, que o dono poderia ter usado como construtiva e ter modificado as coisas que inúmeras pessoas disseram estar errada, simplesmente foi levada para o lado pessoal, onde ofensas, xingamentos e ameaças. Ele criticou por Raphael ter vindo publicamente reclamar do bar ao invés de ter reclamado no local. Mas se formos parar para pensar o senhor Jonas fez o mesmo, foi até o blog do rapaz ofender a ele e aos visitantes que faziam comentários sobre os serviços recebidos.

Pergunto: Porque o senhor Jonas, dono do Boteco São Bento, não pegou as coisas negativas, citadas por centenas de pessoas e não só por Raphael, e tornou-as positivas?


Desculpe, mas o senhor só vai perder mais pontos e muitos mais clientes. Agora, quanto ao rapaz, chamado Leo, que comentou dizendo "Como assim você ousa usar a internet pra expressar sua opinião? E o pior: sem pedir autorização para os donos do bar!". Na Internet e em qualquer outro lugar, todos, inclusive você Leo, temos o direito de falar positiva ou negativamente sobre algo que experimentamos.

Para finalizar, faço jus das palavras do Zé Marcos, do blog homônimo, em seu comentário deixado lá: "...Se eu fosse ele, agradeceria, pediria desculpas e ainda convidaria vc para outra visita com o objetivo de tirar a má impressão, bebendo por conta da casa. Lamentável a atitude desse senhor..."


O proprietário do bar antes de vir reclamar de uma crítica deveria aprender a servir o chopp gelado e contratar funcionários educados. Quem sabe assim, na próxima vez que alguém entrar em seu bar não terá motivos para reclamar de nada.


Atualizado em 01/10: Depois da mobilização de vários blogueiros e notícias se espalhando em vários portais brasileiros a saga continua. E equipe do Resenha em 6 deixou um comunicado explicando o porquê o post foi retirado do ar. O ocorrido ganhou apoio também de @julianasardinha do Dicas Blogger, @Cardoso do Contraditorium e muitos outros (veja a matéria do IDGNow! e confira).

3 comentários

Fernando Baccari disse...

Só um comentário, o bar não entrou com um processo e sim ameaçou com uma notificação extra-judicial - o que não é a mesma coisa.

Fernando Baccari disse...

Por que é proibido postar url?
Eu vim da url que que você postou em outro blog...

Ana Magal disse...

Caro Fernando, não é proibido postar URL, para ela aparecer, como apareceu no meu comentário, basta você usar o OpenId, como explicado nas regras dos comentários:

- Se quiser deixar sua URL? Então comente usando a opção OpenID;

Se você não usar essa opção ele só irá direcionar o seu perfil no Blogger, como o fez.

Obrigada pela explicação sobre processo, como não sou advogada não conheço termos judiciais.

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;