sexta-feira, maio 28, 2010

A Internet, o twitter e os 'nossos' loucos de cada dia'...

Alguém, por favor, poderia chamar o Psiquiatra de plantão?

São quase 12 anos online e já cruzei com pessoas de todos os tipos por dentro dessa imensa rede de comunicações. Da época da AOL, Yahoo, iRC, ICQ e outros cantos, várias pessoas fizeram ou digitaram coisas que até 'Deus' duvidaria. Mas com a chegada do twitter parece que essa febre de 'portaria de hospício' aberta e sem segurança corre solta para todo lado.

Já tive 'inimigos' no mundo virtual, amores, amigos, irmãos. Nessa incrível rede de informação e sociabilidade encontrei pessoas que entraram em minha vida e que nunca mais sairão, mas também cruzei com outras que só de lembrar dos nomes fico com tremor nas mãos. E como falei, o twitter parece que multiplicou essa 'loucura' por necessidade de 'aparecer' e ser alguém a todo custo. Às vezes um custo muito alto.

Os comentários que já li, ouvi e presenciei (em 'encontros de Internet') são dos mais hilariantes aos mais absurdos, mas nunca chegou ao ponto de um fato ocorrido ontem, dia 28. Uma pessoa começou a me seguir a poucas semanas no twitter, fez alguns comentários, conversamos por algumas vezes e até aí tudo bem. Algo corriqueiro que acontece dia-a-dia nesse mundo tão veloz do twitter, mas aí veio a surpresa: a forma 'louca' de como essa pessoa me via em relação à ela.

A cidadã em questão semana passada me enviou um tweet com uma pergunta um tanto estranha, eu, como sempre tento ser, educadamente, respondi a indagação. Ontem a tarde ela veio com a mesma pergunta, 'Brigou comigo? Que estranho não responder meus tweets'. Achei estranho, afinal eu já tinha respondido que tinha começado a trabalhar e quando chego em casa tenho outros trabalhos frilas, além dos blogs, que tenho que cuidar, mas que isso não quer dizer que não esteja dando atenção a um ou outro, mais ou menos.

Jornalista de plantão no twitter:
CUIDADO... Temos uma 'admiradora' à solta na rede...

Penso o seguinte: twitter é algo que você publica e não precisa responder em tempo real. Não é ICQ, MSN ou mensageiros instantâneos similares que temos que responder no mesmo ato. Podemos ler depois, responder depois, e melhor, tudo isso, se quisermos fazer. Já citei aqui meses atrás que não é porque alguém segue você no twitter, que você é necessariamente obrigado a seguir de volta. E então chega essa pessoa que acha que twitter é um chat em tempo real e que eu tenho que responder prontamente a todo e qualquer tweet que ele direciona a minha pessoa. E ai de mim não responder.

Ela virou bicho! Semana passada quando falei que estava ocupada e não tinha visto o tweet (o que era verdade), pois eram muitas coisas para organizar em uma primeira semana em um novo emprego, ela 'esperneou' no twitter dizendo que era por isso que ela 'não tinha amigas mulheres, pois os homens são melhores amigos'. Não estava afim de me aborrecer, estava com ótimo humor. Ignorei o surto de loucura e deixei para lá. Morreu o assunto... Será? Nada!!! Ela ontem soltou a mesma pergunta: 'Brigou comigo?...'

Faça-me o favor! Haja paciência... Respondi calmamente via DM que eu estava no trabalho e não estou com tempo para ficar papeando. Até porque, mal a conheço, trocamos poucas palavras em algumas semanas, algumas Rts interessantes e nada mais. E aí ela mandou um clássico (vai entrar para história): 'Está bem. Mas tome cuidado que você pode perder amigos se não explicá-los isso'. Perder amigos? Explicar o quê? Pra quem? E se você pensa que a doideira parou, pode esquecer. Ela continuou com outras frases célebres como 'Não vi. Não gostei. Não quero falar mais sobre isso. Sou muito sensível. Não sou idiota e entendi seu recado. Bom trabalho'. Não viu o quê? Não gostou de quê? Alouuuu Terra chamando Houston!!! Tem um E.T. aqui...

E foram milhares mais de DM até a minha paciência se esgotar. Coisas do tipo:
  • Tenho amigos editores de jornais que têm tempo.
  • Não entendo porque quem trabalha muito mais que você acha tempo, mas cada pessoa é de um jeito.
  • Vou tentar esquecer o texto da sua mensagem em nome de nossa amizade.
  • Você é muito jovem e tem muito que aprender.
  • Não sou obrigada a gostar do que outra pessoa faz nem você, mas isso não vai estragar nossa amizade. Fui.

Agora pergunto eu: QUE AMIZADE? Quem é você querida, para saber se trabalho mais ou menos que 'seus amigos editores'. Tu não me conhece, nem eu a você! Quero saber quando é que eu dei intimidade para essa criatura para falar comigo dessa forma e ainda 'exigir' que eu pare de trabalhar para 'dar atenção' a ela? Tá carente? Arruma um marido ou compra um cachorro, mas não vem encher minha paciência dizendo que 'sou nova demais, trabalho de menos ou que devo satisfação de minha vida', pois não devo. Você para mim é nada, ninguém. Começou a me seguir 'ontem' e já se acha minha 'melhor amiga da infância'? Fala sério!

E detalhe, depois que a bloqueei no twitter (porque o saco da paciência estourou de vez) e comentei em aberto, outras pessoas (detalhe: todos jornalistas) vieram ao meu encontro via DM falar que ela fez o mesmo com elas. Que ela começava frases loucas sem sentindo e se você discordasse do que ela falasse ela surtava. Que ela dava 'oi' e se eles não respondessem vinha com o mesmo dramalhão mexicano que jogou para cima de mim. E por aí vai...

Se 'isso' é jornalista... Depois não querem que o diploma seja obrigatório...

No twitter fiz poucos, mas verdadeiros amigos, uns que posso considerar irmãos, muitos colegas e contatos de profissão. Posso até dizer que 'me apaixonei' novamente também por esse 'novo mundo novo', mas daí a ter uma pessoa 'exigindo' que eu seja amiga dela... Isso é demais para minha santa paciência, e inteligência. É Ju (do @dicas_blogger)... Não é só você que atraí 'trolls', consegui uma personal neurotic stalker só para mim viu (agora não preciso ficar com 'inveja' dos seus 'salseiros')... Haha... Alguém, por favor, quando sair do twitter, além de apagar a luz, pode deixar a porta do hospício fechada??? Quanto mais eu rezo...

10 comentários

Subtil disse...

... Mas assombração aparece.

Menina, você disse tudo e mais um pouco. Perfeito a cada palavra.

Não vou citar nomes. mas faça como o cara simpático! diga *bang e Bloqueia!

Juliana disse...

A primeira providência que tomei, quando terminei de ler este post, foi bloquear a dita-cuja nas minhas duas contas. Já tenho stalkers demais :D
Twitter não é MSN, meu povo!
Beijão

Ana Karenina disse...

Olá Ana Magal

Uma vez li um tweet bem interessante do @ricardofraga que até favoritei, por achar muito útil que diz o seguinte:

"As pessoas deveriam saber separar o pessoal do virtual. Não é porque uma pessoa lhe trata bem no Twitter que quer ser sua amiga."

Acho que quando as pessoas entenderem isso, elas não sofreram mais com episódios assim, esta moça certamente está se equivocando quanto ao uso da mídia e quanto as relações humanas, pois até no mundo não virtual, não nos cabe coisas do tipo.

Estas coisas Ana as pessoas aprendem com o tempo e isso quando querem aprender, acho que o próximo passo é quando perceberes sinais semelhantes a este você simplesmente ignora porque as vezes explicar é pior do que não dizer nada, algumas pessoas não se convencem porque não estão dispostas a entender, querem apenas ser aceitas a todo custo.

é tuitando e aprendendo... rs

Um abraço

Alan disse...

Caramba, Ana! Bota loucura nisso, hein! Nossa, nunca havia lido coisa semelhante à essa. :|

Sorte que ainda não caiu ninguém assim em mim, pois eu mal tenho tempo de responder os verdadeiros amigos, então imagine os que "brotam"?

Concordo completamente com você: o Twitter, aberto do jeito que é, guarda uma figura atrás de outra, que acham que devem ter opinião para tudo, por trás de um monitor e um teclado.

Mas enfimm, também não digo que isso seja ruim: diversidade há em tudo, e ainda mais na web. O interessante é que podemos selecionar essa diversidade à nosso favor, e depois disso, nada mais de problemas!

Espero que essa usuária deixe de te "atazanar" um pouco!

Um grande abraço e sucesso!

Ana Magal disse...

É pessoal... Tem 'louco' para tudo. Não gosto muito de usar essa palavra classificando as insanidades diárias de cada um, pois todos nós temos nossos momentos de loucura (natural)... Mas é impossível não ver isso. Essa moça precisa de um tratamento sério... Está sofrendo sérios problemas de rejeição, abandono e solidão 'crônica' fantasiosa...

Gabriel... Concordo com vc: blog neles!!!

Ju... Viu ganhei 'meu stalker' pessoal haha... Menina... Ela só gosta de Jornalista. De vc ela de repente fica de longe, vai que descobre que vc é Psiquiatra? Vai ficar com medo de ser internada, rs. Assino embaixo: TWITTER NÃO É MSN!!!

AnaK!!! Navegando e aprendendo. Cada época de uma vida tenho aprendido a lidar com tipos de pessoas diferentes. Cada fase da Internet, a cada evolução, os tipinhos que aparecem nos fazem aprender a se readaptar... Vivendo e aprendendo.

Alan, concordo que a Internet é ótima, mas tem seus revés... É aí que temos que tomar cuidado... A cada nova ferramenta, novos aprendizados...

Obrigada pelos comentários povo!!!

Richard disse...

Você ainda me acha lindo? haha!

Esse pessoal que faz isso geralmente são pessoas que não conhecem a ferramenta direito e acha que estão no MSN mesmo.

Juliana Marton disse...

Tenho pena de gente assim. Pessoa mais louca. Bem que um daqueles perfis "engraçadinhos" podia ser psicólogo. Porque tem muitos tuiteiros que precisam de ajuda profissional. hohoho

Iúri disse...

Olá Ana,

A internet é um lugar muito rico para se fazer boas amizades (até escrevi recentemente sobre isso), mas também é um lugar onde existem muitos desequilibrados (ou coisa do gênero).

Infelizmente há muitas pessoas que se consideram "amigas" somente por você tratar bem - quando há troca de e-mails, conversas longas no msn, etc., aí sim talvez você pode considerar uma amizade.

Não se irrite e leve numa boa, você tem muito a ganhar agindo assim.

Abraços.

Miriam Carvalho disse...

Olá,nossa essa historia é muito boa haha !
eu tenho uma muito engraçada so que foi pelo msn :
uma menina que conhecia apenas pelo msn e que mora na mesma cidade que eu, venho pedir ajuda pelo msn, ela parecia aflita e chamava minha atenção sem parar, ela estava apavorada rs e eu fui responder pra ver o que era e ela me perguntou : " você tem camera digital ? " :S
e eu respondi : " Sim. porque ?"
ela : "Porque se SOMOS AMIGAS podemos contar umas com as outras ne? "
eu : "hun."
ela : "você é muito importante pra min e te amo AMIIIIIIGA ! "
"me empresta sua camera? eu não vou roubar, te devolvo, ai a gente SE CONHECE PESSOALMENTE ! "
Eu disse para a menina que não tinha como a gente nen se conhecia direito, simplismente ela PIROU ! Disse que estava chorando, e que me odiava porque eu a fiz acreditar que éramos MELHORES AMIGAS, e a machuquei profundamente !
kkk . Eu não entendí e continuo não entendendo essa garota, enfim, acho que ela me bloquiou mas tudo bem,Mas que foi engraçado aaaah isso foi.

Beeeijos e AMEI o blog !
Tenho o desejo de ser uma jornalista e por isso estarei sempre por aqui.
Abraço !

Ana Magal disse...

Haha Richard: NÃO ACHO VOCÊ MAIS BONITO... pronto... Ganhei mais um 'stalker' (se bem que esse eu não bloqueio, nem dispenso rs). Beijos!!!

Ju e como... Se a Juliana Sardinha abrisse um blog de Psiquiatria cobrando inscrição iria ficar rica só com o povo do twitter haha... Beijos

Iuri, foi o que falei com vc no twitter ontem... É cada coisa que me aparece... Não me estresso mais não, dou logo um block nelas. Viva os loucos do twitter \o/ rs

Miriam, seja bem vinda (não vai virar minha stlaker não é rss? - brincadeira rs). Menina essa tua história tb é muito louca!!! Será que esse povo não tem noção? #MEDO rs Seja bem vinda!

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;