domingo, julho 25, 2010

Os slogans que marcaram época


A publicidade faz parte da vida do ser humano a milhares de anos. É comum ficar com um anúncio gravado na cabeça por muito tempo. Seja aquele comercial de quando você era criança, ou aquela jingle que você ouviu no rádio há 15 anos atrás ou até a chamada de uma programação especial das emissoras de televisão.

Essa semana eu estava relendo um livro do início da faculdade, 'Publicidade: A Linguagem da Sedução' de Nelly de Carvalho, e lembrei de vários comerciais que assisti ou ouvi quando criança que até hoje, depois de 20 anos, ainda ficam cravados em minha memória. No livro Nelly mostra quais são os aspectos que são usados pelos publicitários para convencer o consumidor a comprar um produto mesmo que ele não esteja precisando de imediato. Por isso, é usado o termo 'sedução', porque os profissionais dessa área seduzem cada um de nós com sons, imagens e até cheiros de coisas que nem pensaríamos que seriam importantes para nossa vida.

Para lembrar de tudo isso fiz uma pesquisa entre amigos e perguntei sobre quais comerciais, seja de rádio, TV ou impresso, eles lembram com clareza e o que mais marcou ao se lembrarem dele. E dessa pequena, e pessoal, pesquisa vi que para a maior parte das pessoas 34% dos slogans são os mesmos. Todos repetitivos, fáceis de decorar e muitos com mensagens subliminares para incentivar a comprar do produto mesmo que você não esteja precisando dele.

Fiz uma pesquisa com amigos da faculdade, da família e na internet. As pessoas entrevistadas não sabiam que era uma pesquisa. Deixei rolar como se fosse um bate-papo seguindo justamente uma das técnicas de sedução publicitária ditada por Nelly no livro: 'o consumidor não pode saber que é você quem quer, tem que pensar que ele é quem escolheu'. Conversei ao todo com 185 pessoas num período de três meses. Pessoas estas na faixa etária que variou entre 10 e 70 anos, do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e, acredite, amigos brasileiros que estão no Japão.


Vamos aos 10 mais lembrados:

1 – Abuse, use, C&A – Acredite, é o mais lembrando por pessoas de todas as gerações, desde a turma com mais de 60 que perguntei como também pela garotada de 15 anos. Até hoje essa é a chamada da loja.

2 – Tomou Doril, a dor sumiu! - Esse marcou principalmente a turma que está atualmente entre os 35 e 45 anos.

3 – Terrível contra os insetos. Contra os insetos! - Essa chamada do SBP já foi e voltou do ar durante vários anos e foi lembrada pela turma dos 35 e pela galerinha entre 15 e 18 anos.

4 – Sensível diferença – Slogan dos sabonetes Vinólia que foi lembrado principalmente por mulheres acima dos 27 anos, mas que me surpreendeu de bater uma marca de 34 lembranças masculinas da mesma faixa etária. Não pensava que os homens prestavam tanta atenção em comerciais femininos.

5 – Não esqueça da minha Caloi! - Esse é o clássico do final dos anos 70 e dos anos 80. Praticamente toda a turma acima dos 35 anos lembraram dos comercias da Caloi. Mas mesmo assim foi menos lembrado que o da C&A.

6 – Compre Baton! - Um slogan que adora passear no tempo. Foi hit nos anos 80. Sumiu em 90 e no início da geração 2000 tornou a aparecer nas telinhas.

7 – 1001 utilidades – Essa marcou época em vários aspectos: a chamada em si, a fixação do garoto propaganda como cara de um produto e a travessia de gerações. Os comerciais da Bombril até hoje são marcados por lembranças de épocas, efeitos e acontecimentos, sem nunca esquecerem que ele tem '1001 utilidades' (apesar de que eu nunca testei para saber se tem mesmo. Alguém já testou? rs)

8 – Se é Bayer é bom! - A chamada de um dos maiores laboratórios farmacêuticos do Brasil dos anos 80 é lembrada até hoje. Eu gostava, pena que eles não usam mais.

9 - Deu duro, tome um Dreher – O conhaque mais vendido no Brasil só ficou assim depois de uma forte campanha na televisão com a chamada que até hoje virou bordão entre a turma acima dos 40. Só alguém fazer um pouquinho mais de esforço que mandam a frase como resposta.

10 – Parece, mas não é – Essa é clássica dos anos 80. E toda turma acima dos 30 lembrou. Os comerciais do xampu para caspa Denorex até hoje é usada como bordão nas ruas por pessoas de todas as idades e que nem vivenciaram a época dos comerciais.


E eu ainda lembrei de outras que também foram citadas por muitas pessoas, mas que não tiveram peso para entrar no Top10:

  • A primeiro impressão é a que fica – Desorante Axe
  • Não tem comparação – Brastemp
  • Um raro prazer – cigarros Carlton
  • Só ele é assim – Run Campari
  • É impossível comer um só – Chamada dos salgadinhos Elma Chips
  • Sorriso Colgate – Sinônimo até hoje de dentes bonitos
  • Dê férias para seus pés – chamada dos chinelos Rider, famosos nos anos 80
  • Põe na Consul – Produtos Consul
  • Vale por um bifinho – clássica chamada do Danoninho
  • A verdadeira maionese – Helmann's
  • Uma grande cerveja – Kaiser
  • Você faz maravilhas - Leite Moça
  • O caldo nobre da galinha azul – Caldos Maggi
  • A meia da Loba – Meias finas da Lupo
  • Bonita camisa, Fernandinho – Clássicos comerciais dos anos 80 das camisas sociais USTop
  • Energia que dá gosto – Até hoje é a chamada principal do Nescau
  • Tão bonitinho – Calçados infantis Ortopé
  • Eu sou você amanhã – Vodka Orloff
  • Faz do leite uma alegria – Achocolatado Quick
  • Sempre cabe mais um quando – Desodorante Rexona
  • As amarelinhas – Pilhas Rayovac
  • Abra a boca – Gelatinas Royal
  • Desperta o tigre em você – Sucrilhos Kelloggs
  • Legítimas só Havaianas – chinelos Havaianas
  • Vende mais porque é fresquinho, ou é fresquinho porque vende mais – Biscoitos Tostines
  • Você conhece, você confia -  Carros Volkswagem
  • Uma boa ideia – Frase clássica da Caninha 51
  • Dedicação total a você – Casas Bahia
  • Plim plim – marca registrada da Rede Globo de televisão
  • A primeira faz tchan, a segunda faz tchun e tchan, tchan, tchan!!!  - Prestobarba
  • Você se lembra da minha voz? Continua a mesma, mas os meus cabelos...que diferença! - Xampus Colorama
  • O tempo passa, o tempo voa e a poupança Bamerindus continua numa boa – Extinto Banco Bamerindus
  • É assim que se escreve – Canetas Bic
  • Não é nenhuma Brastemp – Produtos Brastemp
  • Vem para Caixa você também, vem! - Caixa Econômica Federal
  • Quer pagar quanto? - Casas Bahia
  • O queijinho do coração – Iogurte Chambinho
  • Inglês definitivo! – Cursos de inglês CNA
  • Fale de perto com Close Up – Creme dental Close Up
  • Quem bebe Grapette, repete – Refrigerante Grapette
  • O Original do Brasil – Guaraná Antártica
  • Alivio refrescante. Ah! - Creme dental Kolynos
  • O chocolate do barulho – Chocolates Kri
  • De mulher para mulher – Lojas Marisa
  • Simples assim – slogan da Oi
  • 'Tomô?' - Leite Parmalat
  • O bichinho do rrhan-rhan pegou você? - Pastilhas Vick
  • Os nossos japoneses são mais criativos que os japoneses dos outros – Televisores Semp Toshiba
  • Imagem não é nada. Sede é tudo  – Refrigerante Sprite
  • O primeiro sutiã a gente nunca esquece - Lingerie Valisére

E você? Qual slogan, comercial ou jingle nunca mais saiu da sua cabeça? Tem algum diferente que não constou na lista dos entrevistados? Então nos deixa aí nos comentários!


2 comentários

Cristianmilk disse...

Nossa! Adorei essa matéria, me fez voltar a um tempo muito bom da minha vida, um tempo em que esses slogans eram conversa diaria pra brincar com alguem, tudo era motivo para usar algum e tentar encaixá-lo no contexto da conversa, parabéns pela pauta, começei a minha segunda com o pé direito!

Ana Magal disse...

É Cris... quando comecei a sondar o tema, há quase 4 meses, nem lembrava do meu livro. Foi pegar o livro e relembrar da pesquisa. Coloquei a mão da massa e fui anotar o resultado. E vi, que como para mim, as chamadas publicitárias fazem parte da vida e da história pessoal da cada um.

Obrigada pela visita!

Beijão!

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;