quarta-feira, julho 25, 2007

Ah...essas gordinhas...



RECEITA PARA AMAR UMA GORDINHA
JP Veiga
Para se amar uma gordinha, antes de mais nada
Faz-se necessário achá-la!
Não, não se acham gordinhas por aí!
Gordinhas são como um vinho muito raro,
Fruto de uma colheita precisa,
No tempo certo,
Da uva perfeita,
Da maturação exata.

Procure, converse com quem sabe,
Peça ajuda a quem tem!
E com toda a calma, achando uma,
Com o coração na mão,
Declare-se apaixonadamente!

Uma vez resolvido este problema,
Trate de aprender algumas coisas:
A diferença entre a sacarose e a sacarina,
Entre um almoço e um lanchinho,
Mas, principalmente,
Aprenda a diferenciar,
O "amor vamos comer uma coisinha!"
Do "querido, vamos fazer uma boquinha!"

Procure não misturar,
O ato com o prato,
O teso com o peso,
O come com a fome,
E trate de viver feliz e em paz!



Encontrei esse texto vasculhando o Orkut da vida. Procurando uma comunidade para ser associada a uma pessoal, encontrei essa em especial que tinha esse texto. Achei tão lindo a forma como o JP escreveu sobre a forma considerada errada de amar, mas tão natural, tão simples e tão real. Acima de tudo verdadeira.
Aqueles que conseguem se apaixonar por 'gordinhos' sabem que o carinho é dobrado. A atenção, a dedicação... muitos dizem que é por carência, eu como gordinha só digo que é: por excesso. Excesso de amor, de prazer, de carinho, de atenção, de querer viver. E com isso conseguimos expressar tudo isso em sentimento!
JP parabéns, seu texto é lindo!



6 comentários

Anônimo disse...

Ora pois!
As pessoas tem tanto preconceito com as gordinhas u.ú

mas axei esse texto bacana *_*

carol disse...

poh, adorei!
obrigada pela parte que me toca.
nós, gordinhas, muitas vezes nos sentimos deixadas à margem da estrada.
É bom ser elogiada e se sentir desejada.
por isso obrigada jp adorei mesmo.

Anônimo disse...

adorei!
pois os gordos também amam e querem ser amados.
a midia mostra somente as em forma que acaba parecendo um padrão de beleza.
nós gordinhas também somos gostosas e temos sentimento queremos ser conquistadas e não ser motivo de piada.

JPVeiga - Variz da Meiga e Mariz Conzê disse...

Obrigado por postar meu texto, principalmente com meu nome. Escrevi esse texto há tempos atrás, como uma brincadeira (cheia de verdade) com minha mulher. Claro, gordinha.
Um dia volto ao assunto!
Bjks
JPVeiga
www.jpveiga.com.br

Ana Magal disse...

JP que honra tê-lo por aqui. Obrigada por suas lindas palavras!

Beijos mil, volte sempre!

o lugar onde moro disse...

adorei lindas palavras

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;