terça-feira, novembro 24, 2009

Eles estão com medo dos blogs. Será?


Não é de hoje que blogs andam sendo atacados com medidas judicais, processos e comunicados. Desde que a internet deu liberdade ao usuário comum de poder falar o que pensa tirando o poder de informação das mãos das grandes empresas de comunicação, o mundo 2.0 anda muito diferente. Diria até perigoso e constrangedor.

Antigamente para um fato ser noticiado era preciso que o mero consumidor entrasse em contato com uma grande emissora de tv ou redação de um grande jornal para que essa notícia fosse a público. Daí para iniciar um processo judicial o caminho era mais fácil, já que teriam a seu favor a tão famosa "opinião pública". Com o passar dos anos a internet deu uma liberdade, nunca antes tida para os consumidores comuns.

Hoje não é mais preciso ir a uma empresa de comunicação ou órgãos públicos para comunicar sua insatisfação. Se você acha algo errado é só comentar em seu blog, seu twitter, seu orkut e por aí vai. O mundo 2.0 abriu portas que ninguém está conseguindo segurar: o direito de falar o que pensa.


Todos nós sempre tivemos opinião. Isso é fato, real e um direito do ser humano. Antes tínhamos ela controlada por um grupo pequeno que decidia se nossa opinião era relevante ou não. Com o início do boom dos blogs nos últimos três anos, esse direito de comentar algo sobre um determinando assunto não precisa de milhões de voltas, basta você ir a um site de um grande jornal e mandar seu comentário ou em um blog onde o assunto está sendo debatido e colocar sua visão sobre o tema. Mas aí que mora o perigo.

Os grandes sites de notícias tem milhares de funcionários (pagos) para ficarem 24 horas por dia moderando conteúdo e comentário de usuário, mas um simples blogueiro não. Por isso, a maior parte dos blogs não tem moderação de comentário, acaba contando somente com o "bom senso" de cada leitor (o que infelizmente muitos não têm). Eu mesma já tive comentários liberados, moderados, liberados novamente e depois de tanta confusão surgida nos últimos meses, decidi trancafiar de vez. Peço desculpa aos leitores do PJ que sempre tiveram a liberdade de comentar aqui.

Mas porque todos os blogueiros estão correndo para trancar suas portas? Simples pensamento que pode ser resumido em uma palavra: medo. Mas não medo de processo, da justiça, ou de outra coisa mais governamental, mas sim das grandes empresas de comunicação que começaram, agora, a perceber que os blogs tem força, poder e respeito dos leitores também.

Podemos lutar contra processos vindo contra nós. Juntar provas fazer print screen de telas com comentários abusivos, enfim, nos precaver sobre qualquer acontecimento, mas não podemos lutar contra grande portais de informação. Eles não aceitam que os blogs e sites de usuários comuns consigam um furo de reportagem no lugar deles. Isso é fato! Vide caso Michael Jackson, onde nenhuma grande emissora de TV ou jornal impresso aceitou o fato de que um site de "fofocas" ter sido o primeiro a divulgar o ocorrido. O mundo mudou, mas eles não mudaram.


Não estou defendendo cegamente os blogueiros e sites independentes, ninguém é detentor pleno da verdade absoluta. Todos erramos, pequeno e grandes escritores. Como o nome já diz é uma opinião e cada um tem sua própria. A pouco tempo atrás eu comentei sobre o blog Resenha em 6 que teve uma censura ridícula por conta de um serviço que ele não gostou em um bar e comentou em seu blog pessoal, gerando polêmica e ofensas por parte do proprietário do estabelecimento e alguns leitores que o defendiam, mas sobrou para quem? Para o pessoal do Resenha em 6 que recebeu uma notificação extra-judicial sobre o assunto.

E não existe só o caso do Resenha em 6, existem outros mais, como o site Pristina, o site OloucoMeu, entre muitos outros, agora tivemos outro caso de destaque até no Portal G1, do blog do Emílio Moreno, o Liberdade Digital. Emílio foi processado por conta de um comentário publicado em seu blog, ele perdeu o prazo para recorrer ao processo e foi condenado a pagar R$ 16 mil. No último fim de semana, o estudante de jornalismo recebeu uma notificação de penhora de bens para o pagamento do valor.

Blogueiros de todos o país ficaram chocados com mais essa intervenção da justiça sem apurar todos os lados do fato ocorrido. Novamente os mais fracos perderam. Com isso foi uma debandada de todos os blogueiros mais antigos trancando seus comentários que ainda estivessem aberto. Porque isso? Porque, a maior parte dos blogueiros fazem isso por prazer e não por profissão. Muitos, como eu, estamos desempregados e não temos como arcar com um processo por algo que alguém sem o mínimo de bom senso comenta em nossos textos.

Todos estão relatando o ocorrido, inclusive a jornalista Rosana Hermann, em seu blog Querido Leitor, comentou sobre o fato e também trancou seus comentários. Agora, nós viramos os vilões, e tudo isso porque agora, com a velocidade do mundo 2.0 é mais fácil um blogueiro conseguir noticiar um fato primeiro que a grande imprensa. Isso se resume em uma só coisa: medo. De nós, claro.

Por esse motivo, infelizmente, é que venho dizer que a partir de hoje todos os comentários do PJ, Feminina Plural e TeleVisão (meus blogs) serão moderados. Conto com compreensão de todos sobre esse ocorrido e peço apoio a todos os blogueiros, que como o Emílio (Liberdade Digital) e o Raphael Quatrocci (Resenha em 6) tiveram que passar. Um ótimo texto que li, foi o que a Rosana divulgou no Querido Leitor do blog Silenzio.


Isso, infelizmente, pode acontecer com qualquer um de nós. Agora estamos sendo censurados descaradamente sobre o que pensamos e sobre o que podemos dizer ou não. E o pior de tudo, "se" podemos dizer antes deles ou não.


Atualização - 22:11: Devido a um erro nos comentários do Blogger, ninguém está consegui liberar os comentários moderados. Será que isso foi culpa das moderações em massa? Vai saber... Mistério...

Atualização - 22:17: Os comentários foram liberados pelo Blogger. Vamos observar se o bug continua.

3 comentários

incommunseries.com disse...

É minha amiga estou com medo de fazer gracinhas com as celebridades, ainda mais pq faço gracinhas mais com as estrelas internacionais, imagine ser processado por um estrela de hollywood?

Na boa vai ser um honra, e também meu fim, vou ter que vender um rin, as corneas, acho que tudo para bancar um processo assim
huahuahu
Vamu trancar tudo!!!
Excelente texto
bjin

Ana Magal disse...

Haha Douglas... Imagine... Além de ficar famoso irá ficar durinho da silva, rss

Aqui se vierem "penhorar" algo só terão: tv's velhas, ventiladores com infartos do miocárdio, pc mais velho ainda e um monte de dívida... Serve? rsss

chrisaraujo disse...

Puts, ridículo isso. Fiz algo parecido com um produto da Nívea Cosméticos que meu atacou a rinite alérgica. Sendo que sou cliente da marca, sempre compro dela e nuncca tive problema. Porém, o produto em questão deve ser evitado por pessoas com esse tipo de sensibilidade, mas na embalagem nem de longe isso vêm escrito. Por acaso sou advinho?! Foi o que eles pensaram. Daí me indignei e pus a boca no mundo... rapidamentee viram que tomaram uma decisão equivocada e trocaram o produto. Visto que sou cliente e que se para eles escolhi mal tendo alergia eles tb foram negligentes não informando tudo aos seus consumidores. Comigo não deu problemas, fiz uma reconsideração após a troca e fim de papo.

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;