quarta-feira, agosto 11, 2010

Os comerciais 'politicamente incorretos'


Estava eu ontem olhando para televisão durante um intervalo comercial quando passou a propaganda da nova lata da Brahma. Alguns minutos depois outra cerveja na tela. Em outro bloco comercial remédios em geral (xarope, comprimidos contra gripe, pomadas de alergia, etc). E eu fiquei pensando com meus botões como somos hipócritas.

Tá! Sei que vão me criticar pelo que vou falar, mas não estou nem aí. Vamos lá então. Alguns anos atrás, não só no Brasil, mas no mundo inteiro os comerciais de televisão (e em outras mídias também) de cigarros foi terminantemente proibidos e tirados como o vilão contra à saúde e com direito a bandeira levantada de não-fumantes e ex-fumantes e tudo. Porém, não consigo entender como é que podem proibir comerciais de cigarro e permitir de bebidas alcoólicas e medicamentos, por exemplo.

O cigarro faz mal à saúde? Faz! Ponto final e entendido. Fuma quem quer. Mas a bebida também faz e a mesma apologia ligada à beleza, saúde, mulheres bonitas, prazer e praia são utilizadas para vender cervejas, assim como eram feitas nas dos cigarros. E os medicamentos?


Todo mundo sabe que automedicação é errado e pesquisas realizadas nos últimos anos já provam que o índice de mortes ocasionadas por excesso de medicamentos sem controle médico é assustadoramente alto. Brasileiro então, que adora dar uma de médico do vizinho, sempre tem uma farmácia portátil em casa, na bolsa, na mochila, etc. E mesmo assim vemos incansavelmente comerciais de medicamentos em todos os horários, inclusive em blocos de merchandising nos programas ao vivo das telinhas brazucas.

Queria saber porque é tão forte a campanha contra os fumantes com imagens fortes (que basta virarmos o maço para o outro lado – quem fuma e gosta nem liga para aquelas fotos #prontofalei), tarjas pretas de 'Ministério da Saúde Adverte' e tudo mais, e quando o assunto é bebida alcoólica a única mensagem que aparece é 'Se for dirigir, não beba'. E nos medicamentos? A simples mensagem de 'não tome medicamente sem o conhecimento de seu médico'. Será que eles sabem que a maior parte da população não tem 'médico particular' e sim ficam morrendo na fila de espera do SUS?

E quanto a bebida? Ela só faz mal aos motoristas e transeuntes? E o câncer no fígado? Hepatite e outros males? Ninguém fala sobre isso? Não! Só querem lembrar do câncer causado pelo cigarro. Que as propagadas de cigarro eram 'ofensivas' porque faziam as pessoas acreditarem que 'fumar era bom e dava um prazer imenso', etc e tal. Mas e os de cerveja?


São corpos esculturais na praia. Imagens de pessoas saudáveis entornando todas (até cai! Mas isso eles não mostram né?). Nos medicamentos a mesma coisa. Famílias 'felizes' do tipo Dó Ré Mi, que ESTÃO doentes, mas vivem sorrindo e que o 'tal comprimidinho' vai curar tudo, como se o coitado do médico que fica mais de 10 anos na universidade não valesse de nada.

Então vamos para de hipocrisia e lavar nossa cara de pau com óleo de peroba e perceber que se os comerciais de cigarro eram errados os de bebidas, remédios e qualquer outra coisa que possa vir a ferir um ser humano ou a terceiros também é. Se formos pensar assim... Coitadas das agências de publicidade... Iriam à falência!

Vamos acordar pessoal! E ver que esses comerciais 'politicamente corretos' não estão com nada. Afinal quem quiser fumar vai acender o cigarro, quem quiser beber não vai precisar de Paris Hilton mostrando sua falta de bunda na tela e quem quiser se automedicar não vai se preocupar em perguntar ao médico quais os efeitos colaterais de cada gota ou bola irão ingerir... Evolua mente... Evolua!


5 comentários

Teilor disse...

Só digo uma coisa: comercial de cigarro era um gringo num cavalo correndo de um lado pro outro; comercial de cerveja é a Juliana Paes rebolando e usando só um mini biquíni. Acho que isso já explica alguma coisa(numa visão machista dos fatos, pelo menos)

Ana Magal disse...

Teilor, meu lindo... quem te disse isso? Qtos anos vc tem? Deve ter menos de 25 com certeza para falar isso né rs.

Somente o Marlboro tinha o homem no cavalo. O cigarro Hollywood e o Free eram com mulheres sensuais, quase sempre ligados ao esporte. Hollywood então nem se fala! Eram festivais de música, discos, festas, esportes radicais. Lembro ainda do comercial de windsurf com mulheres lindas de biquini velejando pelo mar com a vela do cigarro...

Teilor disse...

Pior que eu tenho menos do que 25 anos e só lembro da Malboro :]. Minha teoria machista caiu por terra.

Ana Magal disse...

Hahah... viu quase acertei!!!! Eu sei disso pq meu pai é aposentado da Souza Cruz e todas as campanhas feitas por eles eu sempre via primeiro. Ganhava viseiras, miniaturas de carros de Fórmula 1. Tinha de tudo! biquinis, toalhas de praia, barraca de praia... tudo com a marca do Hollywood.

A Free tb... o slogan dele era 'Uma questão de bom senso' e sempre vinha lindas mulheres em jantares e festas em vestidos deslumbrantes... Sempre correlacionando o prazer do fumo ao prazer pessoal haha...

Só Marlboro e Camel que tinham animais nos comerciais rs

Cristiane Iannacconi disse...

nossa! achei q só eu pensava isso... sou contra essa publicidade de drogas (remédios, bebidas...) e publicidade voltada p criança!

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;