sábado, fevereiro 28, 2009

O que você prefere? O clássico ou o original?

Desde que foram criadas, respectivamente em 1886 e 1898, Coca-Cola e Pepsi sempre viveram, e ainda vivem, uma eterna guerra pelo consumo mundial de refrigerantes. Quem ganha realmente essa briga é o público, pois afinal, a diferença de sabor entre uma e outra não é tão grande assim o que diferencia mesmo é quem gasta mais com propaganda.

Eu particularmente prefiro o sabor mais adocicado da Pepsi, apesar de ter crescido em meio a febre insana de Coca-Cola-Macarronada-Domingo-família. Quem não lembra os domingos de antigamente quando íamos visitar nossos avós ou simplesmente nos reuníamos em casa para um grande churrasco ou a boa e velha macarronada com frango assado da vovó querida? E o que nunca podia faltar era a bebida de preferência nacional: a Coca-Cola.

Porém ano a ano tudo foi mudando. Nós mudamos, a família brasileira mudou e a tão famosa Coca também. Com a diminuição das famílias no Brasil para uma média de três integrantes por grupo, a idéia das reuniões dominicais também foram sendo deixadas para trás e claro que as empresas de bebidas não alcoólicas tiveram que se readaptar ao novo mundo. Foi nessa que a Pepsi entrou com tudo.

Sendo a maior vendedora de refrigerantes no mundo inteiro, a Pepsi entra aos pouquinho no Brasil. Apesar dos comerciais milionários da Coca, a sua principal concorrente ainda é líder de mercado na Europa, Ásia e, pasmem, nos EUA. A rival da azulzinha só consegue ganhar nos países classificados como terceiro mundo, como os países pobres da África e Europa e em toda América Latina, no resto, e claro as maiores potências, a Pepsi ganha de lavada.

É raro você ver um comercial de televisão da Coca nos Estados Unidos com um artista famoso, já da Pepsi a listagem não tem fim. Vai de grandes performances com Michael Jackson até peladas com os famosos do futebol internacional. Criada inicialmente com o nome de Brad’s Drink com o intuito de refrescar o paladar dos amigos do seu criador, Caleb Bradham, teve seu registro com o nome atual em 1903. Chegou no Brasil em 1953 através da divisão de bebidas da Pepsi.Co e ficou durante muitos anos brigando para ter seu espaço no mercado brasileiro.

Atualmente o único E
stado que está conseguindo vencer a viciante guerra contra a vermelha Coca-Cola é o Rio Grande do Sul, onde 40% das vendas de refrigerantes no Estado fica a cargo da azulzinha norte-americana.

A grande rival, Coca-Cola, foi produzida originalmente para ser um remédio, e foi patenteada como tal (eca! Agora entendo o porquê daquele gosto estranho!). O nome veio de um dos ingredientes do antigo xarope para tosse, a cocaína, que era usado em folhas para estimular o efeito calmante da planta latina. Mais tarde com sua formula modificada, foi retirada a coca e introduzida a cafeína. Diferente da Pepsi que utiliza a pepsina como seu princípio, ativo, daí o seu nome.


Nos comerciais vale tudo. Desde de recriar momentos milionários do cinema, como a cena de Gladiador, com a Beyoncé, Pink e Britney Spears, ou criar textos inteligentes como o atual "Questione. Mude. Beba Pepsi". Ou então apelar para imaginação e carisma com o Urso Polar fofinho da Coca-Cola ou então a carreata de carros iluminados no Natal trazendo paz e felicidade para todos com a bebida mágica dos sonhos.

Elas brigam de lá. Nós assistimos e nos divertimos daqui. Eu continuo preferindo a Pepsi e os outros a Coca, mas no final as duas é que continuam sendo cada vez mais milionárias. Fazer o quê, nem tudo é perfeito... Por concordo com o novo slogan da azulzinha: QUESTIONE! MUDE! Quem sabe não seja melhor você experimentar um guaraná Antártica =D.


1 Comentário

Augusto Namitala Barbosa disse...

A coca-cola a muito tempo vem sendo somente
marca, um slogan legal, a coca tem investido muito em um marketing, em que não querem vender um produto mas sim um nome, e acaba que as pessoas hoje num mundo capitalista, são influenciadas por isso, por exemplo, não vejo nada de criatividade em roupas como nike, puma, que nada mais são que um logo estampado, e um preço que as pessoas fazem questão de mostrar...

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;