domingo, novembro 29, 2009

PJ de Luto: Um grande blogueiro nos diz adeus...



Hoje parece que tudo que é de ruim aconteceu de uma só vez. Hoje, mais precisamente 1h07m da madrugada deste domingo dia 29, recebo um tweet de uma pessoa que eu nunca tinha visto. Mas sabe quando você tem a sensação de quem já tinha visto aquele rosto? Então, foi essa. Eu estava assistindo meus seriados, um calor tremendo e vejo meu twhril subir uma janelinha rosa, significando que alguém enviou uma mensagem direta para mim. Era a @lilica1102 , namorada de uma das pessoas mais incríveis que conheci no twitter, o @Monthiel. E ela me dá a triste notícia de que ele tinha falecido há exatos três meses.

Fiquei chocada, não conseguia entender, e confesso pensei ser mentira. Corri para o orkut a fim de ver algo no perfil, que era do casal, e lá só tinham mensagens de pêsames. Realmente tudo levava a ser verdade que meu grande, e primeiro amigo no twitter, @Monthiel tinha falecido. Tentei enviar mensagem de volta para @lilica1102, mas como raramente ela usa o twitter, acho que não conseguiu entender o que eu queria dizer em ter enviado meu e-mail via DM. Minutos depois um barulho horrível vinha do quarto de minha mãe. Era o ventilador (novo) dela que estava se desmontando sozinho. Resolvi desligar o pc e subir para consertar e ir dormir.

E assim fiz, já que tinha programado de ir ao cinema hoje com meu namorado assistir Julie & Julia. Mas ao terminar de mexer no ventilador e pensar em retornar para o pc para saber mais notícias sobre @Monthiel eis que a energia acaba. E nesse calorão é simplesmente impossível de dormir. Me virei por mais de 20 minutos quando desistir e acordei. Fiquei a noite inteira jogada no chão da varanda tentando pegar um brisa refrescante em vão. Ficamos acordados a noite inteira, sem conseguir dormir de tão quente. A energia só voltou depois das sete da manhã, então enfim pude deitar um pouco, mas antes, óbvio, tive que cancelar o cinema, pois não tinha ânimo, por conta do cansaço, e muito menos vontade, por conta da notícia do @Monthiel.

Cícero Montiel Amaro Carneiro
N: 08/08/1981 - F:16/08/2009


Cícero Montiel Amaro Carneiro, foi uma das primeiras pessoas que já estava no twitter algum tempo e teve amor, carinho e paciência para me ensinar tudo o que sei hoje sobre essa ferramenta. Enquanto muitos me ignoravam, ele pacientemente me ensinava o que era cada coisinha por ali. Um laço forte de carinho e amizade começou a crescer. Conheci o seu blog (o Blog do Monthiel), e ainda tive o prazer de escrever um guest-post para ele. Fiquei muito honrada com aquilo, afinal foi meu primeiro guest-post. A amizade passou para o msn e lá rolavam altos papos sobre nossos sonhos, carreira, vida amorosa, desilusões, problemas de saúde, etc.

Perfil no Orkut do casal Monthiel e Lilica
Flickr do Monthiel
Blog do Monthiel
Blog Meu Linux
Twitter do Monthiel
Comunidade em homenagem ao Monthiel no Orkut
Slide show feito pela Lilica

Em uma de nossas conversas eu soube que ele tinha um problema grave de saúde. Um problema cardíaco no qual não me lembro detalhes. Lembro de "brigar" todos os dias com ele perguntando se ele tinha ido fazer os exames que o médico pediu e ele dizia que não, e novamente eu "dava bronca" afirmando que ele tinha que ir e acabávamos rindo. Não esqueço quando começamos a falar sobre "ganhar dinheiro com blog". Ele era um sonhador, e eu amo isso nos seres humanos. Ele sempre queria mudar, aprender, se reinventar. Ele queria seu nome marcado na blogosfera. E, hoje posso afirmar: conseguiu. Porque tenho certeza de que muitos sentirão saudade desse homem incrível.

Último post do Blog do Monthiel

Em uma das nossas conversas no msn ele me contou que o @compulsivo mandou um tweet dizendo que ele tinha que "melhorar o texto dele". Ele simplesmente pirou, entrou em pânico legal. Ficava repetindo: "Se o @compulsivo está me falando isso é porque tudo está uma M". Eu ria muito e brincamos falando besteira até ele relaxar. Ele era um menino-grande com um coração gigante onde cabiam todos dessa blogosfera, conseguia fazer amigos com o mais simples blogueiro bem como os mais conhecidos do meio. Era um homem único!


Lembro quando contei que estava grávida para ele no msn (ele já estava afastado do twitter, mas não entrava em detalhes do que estava acontecendo) e simplesmente ele ficou hiper feliz por mim. Falou que o sonho da vida dele era ser pai, mas que a "nega" (como ele chamava carinhosamente sua namorada, a @lilica1102) dizia que não era hora, que eles ainda estavam começando a vida, ela tinha acabado de entrar para universidade e que eles "teriam a vida inteira pela frente para sonhar com isso", e acabou concordando com ela. Eu perdi o bebê, e quando contei para ele foi a mesma reação, ele ficou muito triste, mas me deu muito apoio. Infelizmente, o cara lá de cima, achou que não era a nem a minha hora, nem a dele, de sermos pais. Mas sei que tudo isso tinha seu papel de importância em nossas vidas.

Homenagens para esse grande blogueiro:
Blog Gigabyte
Café com notícias
[In] Commum Séries
Blog The Best
Blog Tutor Unopar
Blog Studio

Um rapaz inteligente, inovador, blogueiro fervoroso e preocupado com os textos sérios. Super autocrítico em relação a ortografia, se cobrava a todo instante perguntando a todos se tinha escrito alguma besteira. Ele queria o mundo e ganhou o universo através da internet. Meu amigo, meu professor de twitter, meu companheiro de blog, vá com Deus! Siga seu caminho e faça muito barulho onde está para que possamos ouvir daqui debaixo viu!

Última vez que conversei com meu amigo no twitter


Atualização às 23:59:


Em conversa com Marcella, namorada do Monthiel, no msn, ela me contou do ocorrido. Ele faleceu no dia 16/08 (domingo) no fim da noite. O dia foi como outro qualquer, eles foram ao shopping almoçaram e passaram o resto do dia assistindo dvd no apartamento dela.

Ao sair de lá, por volta das 21h50, Monthiel passou mal no meio do caminho, ainda na saída do condomínio dela. Ele nem conseguiu chegar ao ponto de ônibus. Alguns moradores do condomínio o ajudaram e chamaram a emergência, mas o nosso amigo não resistiu e faleceu no caminho ao hospital.

Até esse momento a Marcella não sabia de nada. Só desconfiou que algo estava errado porque já tinha dado 1h da madrugada e ele não tinha ligado avisando que chegou em casa. Ela tentou falar com o celular dele, mas só dava desligado. Ligou para a casa do Monthiel, para a cunhada e não tinha resposta. Claro que começou a entrar em pânico.

Tempos depois a cunhada ligou para ela chorando pedindo que ela fosse para casa deles, e como ela mesmo disse, que nem precisou falar mais nada ela já tinha entendido o recado. Eles não contaram no primeiro momento que ele já tinha falecido. Ela foi para o hospital e também não conseguiu resposta foi quando voltou para casa dele e o cunhado confirmou a morte dizendo que os preparativos já estavam sendo feitos para o enterro naquele mesmo dia (17/08).

Para ela o mundo caiu. Eles estavam noivos, planejaram viajar no dia 08/09 para o que o Monthiel chamou de "férias perfeitas". Mas isso não ocorreu. Segundo os médicos ele teve um quadro de enfisema pulmonar agravado por um problema cardíaco grave. Ele nunca contou a ninguém da família que estava tão doente. O médico disse aos familiares que o coração dele já não estava funcionando mais e por esse motivo os pulmões começaram a "tentar" fazer o trabalho do coração (bombear o sangue). Com o agravamento do enfisema ocorreu o edema pulmonar (líquido nos pulmões) o que ocasionou em uma parada cardiorrespiratória imediata.

Em algumas conversas comigo, ele tinha me dito que tinha um problema cardíaco e pressão alta, mas que "tava se cuidando". Eu sabia que ele não gostava de médicos, e a Marcella confirmou isso. Ela disse que naquela semana ele estava com uma crise de tosse muito forte, mas que, como sempre, não queria ir ao hospital. Hoje ela, e os familiares, desconfiam que ele já sabia que tinha algo mais grave e não se abriu com ninguém, pois parece que ele teve um irmão que morreu da mesma coisa muito novo.

Marcella ainda me disse que ele sempre falava que não queria que ninguém "sofresse por ele", por isso sempre escondia seu estado de saúde. Na época ninguém percebeu, mas ele já sabia o que ia acontecer: cancelou convênios, vendeu computador, largou o trabalho e começou a fazer planos (como a viagem de férias com ela). Mas só conseguiam pensar que ele estava ficando "louco". Mas era outra coisa.

O próprio último post dele já deixava no ar um tom de despedida. Ele falou sobre sonhos, sobre realizações e projetos. Ele estava sonhando, e tinha esse direito. No próprio twitter, a Juliana Sardinha, lendo as velhas mensagens, achou uma "brincadeira" feita pelo nosso amigo José Márcio sobre o sumiço dele falando que o "finado" Monthiel enfim tinha dado as caras por lá. E o Mont respondeu dizendo que "estava monitorando tudo, e que o grande dia estava chegando". Direta ou indiretamente Monthiel já estava se despedindo de nós. De todos, amigos reais e virtuais, familiares e de seu grande amor, Marcella.


Uma coisa eu sei, ele foi em paz. Pois já estava preparado para isso. Como diriam algumas pessoas, conformado, aceitado o fato. E viveu todos os dias que pode com vontade, força, amor e respeito, e intensamente até o seu último minuto. Vá na paz meu amigo, e saiba que aqui, nesse mundo que você gostava tanto que era a blogosfera, você Monthiel, será imortal!

Obrigada Marcella por conversar comigo e com várias outras pessoas que foram ao seu encontro depois que a notícia se espalhou no twitter. Você é realmente tudo aquilo que o Mont falava para mim e muito mais. E hoje, ele é seu anjo, lá de cima olhando por você. Não se arrependa nenhum minuto de nada que viveu ao lado dele, mesmo das brigas, das coisas que não aceitou fazer. Porque ele, sabia da vida dele e quis viver os últimos momentos ao seu lado. Você foi escolhida para dividir os últimos momentos da vida de um grande homem, e isso, não tem dinheiro no mundo que compre. Conte com todos nós da blogosfera, sei que falo por todos!

24 comentários

incommunseries.com disse...

Nossa Ana!!

Li seu texto e posso dizer meus olhos encheram de lágrimas, é triste foi... A gente fica confuso, sem pensar, depois que soube passeia a tarde fora da blogsfera, fiquei assistindo Dvd's e pensando... e ainda não sei ao certo o que pensei...

Ele vai fazer uma puta falta

Beijin

Anunciação disse...

Meu Deus,eu sei que todo mundo morre,mas certas noticias são tão fora de rumo,parecem um pesadelo em flash.A gente vive tão voltada pro próprio umbigo...

Jô Angel disse...

Emocionantes suas palavras. Que ele esteja em paz!

Marcella disse...

Ana Muiiiiiiiiiiiiiiiiiito obrigada por tudo, ontem senti que deveria fazer algo e me perguntei, como? Tenho certeza que "Ele" me mostrou você na hora que entrei no twitter, pois está aí o resultado. Um muito obrigada por mim e sem dúvidas por ele
Bjos e fica com Deus...

digitaqueeuteleio disse...

Que notícia forte! Mesmo não sabendo a causa, é de alguém que começou a dar os passos na blogosfera com o seu blog em questão (quando ainda nem tinha o domínio "ponto com", no mesmo período que eu, e assim como relatou, acompanhei a sua preocupação em evoluir com a escrita, com a leitura, com os seus textos.

Nada acontece por acaso. Só resta saber o motivo.

Marcelo.

Sissym disse...

Ana, hoje nosso amigo da blogosfera e jornalista, informou sobre o falecimento (Wander Veroni). Então coloquei rapidamente um post http://www.dihitt.com.br/noticia/buscamos-noticias-do-dihittiano-monthiel. Felizmente atraves da amiga Rosana soubemos maiores detalhes.

Eu fico tão feliz de saber que ele era essa pessoa amiga, que facilmente se fazia uma amizade que valia ouro. Eu soube que sonhava com seus blogs, eu tambem... então temos algo em comum.

Talvez ele não cuidasse melhor da saude por saber que seu coração era frágil demais. Eu creio que existe uma subconsciencia da nossa propria sobrevivencia. Alguém tão especial só pode estar num jardim florido durante o dia e à noite brilha como uma estrela.

Beijos

Ana Magal disse...

Obrigada a todos pelos comentários. Esse são exclusivamente para o Mont. Ele merece todos os comentários e reproduções dos textos deles que todos puderem fazer.

Ele queria ser um diferencial na rede e acho que conseguiu!

Obrigada Marcella por comentar e por me escolher para dividir esse momento. Me senti abençoada e especial por ter feito uma diferença tão grande na vida do Mont que ao ocorrer um fato desse você logo ter se lembrando de mim, uma anônima que vc nem conhecia.

Wander Veroni disse...

Oi Ana!

Lindo o post que vc fez em homenagem ao Monthiel. Creio que onde ele quer que esteja deva ter ficado feliz por unir tantas pessoas que não se conheciam até então para homenageá-lo.

Confesso que não tinha um contato muito próximo a ele, mas era uma pessoa que comentava no meu blog e em outros que leio e sempre nos esbarrávamos pela blogosfera.

Era um cara muito atento e que lutava por uma blogosfera de qualidade. E isso, com toda certeza, já vale uma salva de palmas.

Obrigado pela ajuda na divulgação de informações.

Abraço

Bruno Rocha disse...

Interessante você citar que: Infelizmente, "o cara lá de cima", achou que não era a nem a minha hora, nem a dele, de sermos pais. Dizer O cara lá de cima não deveria ser escrito dessa forma, isso é um desrespeito contra Deus. Pense nisso.

lisosapiens disse...

É incrível como o Monthiel conseguiu ser o primeiro amigo de tanta gente. Comigo não foi diferente. Não lembro como o conheci mas ele foi o primeiro a interagir comigo nos blogs e Twitter.

Um grande homem e ótimo amigo.

RIP @Monthiel

@unidadelivre

New disse...

E de quem é esse post, nesse outro blog?
http://meulinux.blogspot.com/2008/11/linux-uma-historia-uma-paixo.html

Ana Magal disse...

Wander, obrigada pelo carinho, visita e post relacionado. Sei que a família dele está feliz por saber quantos amigos ele fez aqui.

@unidadelivre, é ele tinha esse dom. Era professor de informática, acho que por isso tinha essa facilidade de se aproximar das pessoas.

Caro Bruno, você não me conhece, e por esse motivo, tenho certeza que não sabe o que penso sobre "Deus" e religiões (vide por favor, post sobre Fé nesse blog). Eu não tenho religião e não rotulo a Fé de ninguém, isso não quer dizer que eu esteja faltando com o respeito com ninguém. Nem com a entidade que muitos chamam por "Deus". Respeito tanto, que não o nomeio, pois cada povo ou cultura chama seus "Deuses" pelo nome que achar melhor: Alah, Maomé, Jeová, Deus, etc. Sendo esse ser superior é o mesmo, só tem nomes diferentes. Se eu o chamo de "cara lá de cima", não quer dizer que eu esteja faltado com respeito a ninguém! Pelo contrário, para mim ele é um ser iluminado e está lá em cima, acima de todos nós!!!

New, eu nem sabia que o Mont tinha esse blog! Obrigada por informar. Vou depois colocar o link da lista de sites dele aqui do post.

Obrigada a visita de todos.

ropiva disse...

Tive o prazer de conhecer o Monthiel no começo do Curiosando e sempre se mostrou um cara gente finíssima e sempre preocupado com a qualidade do trabalho. Uma perda precoce e lastimável, mas a vida é assim. Certamente está num bom lugar e continuará sua jornada.

Beijo

MAURICIO FERRAZ disse...

tomei conhecimento da noticia a poucos minutos, fiquei muito triste, mesmo não o conhecendo pessoalmente, mas isto não é necessário, pois na blogosfera o que importa é a verdadeira essencia das pessoas, e isto o monthiel nos revelava sempre. com seus comentários em meus posts foi surgindo uma amizade verdadeira.. que Deus o receba como ele merece, fique em paz....

Maria Souza disse...

Eu estou chorando agora, sabias?
Muitos me avisaram, perguntaram e agora há pouco mais uma pessoa me indaga se sabia como foi.
Vou ao recado da Regina e ela me encaminha para essa triste página.

Nunca havia pego uma notícia assim no Dihitt.
Não lembrava quem seria o Monthiel...mas agora veio como um raio sua lembrança e a certeza de que nos falamos por aqui. Participamos conjuntamente desse site.

Que estrada é a nossa, não é mesmo?
Que frágil são seus pilares ...

Um dia, vimo-nos percorrendo esses quilômetros de beleza sólida, mas, de repente...de repente! termina... termina a ponte e não temos como voltar... é feita de apenas uma via!

Muito triste...
Meus sentimentos a família, a namorada e a você. Digo que é bom a gente fazer amizades virtuais... elas estão vivas...teclando companhias mútuas...mas é extremamente doloroso saber que a conversa foi interrompida e não terá outra vez.

Maria Souza - Porto Alegre - RS

Ana Magal disse...

Rpoiva, Maurício e Maria, obrigada pela visita, mesmo que tenha sido de uma forma tão triste que tenham chegado aqui. Espero que gostem do site e continuem vindo.

Obrigada pelo carinho para com nosso amigo Monthiel.

F r ø y l a n d disse...

Ana, muito obrigado pelos esclarecimentos!!!!
Vi alguns textos mencionando seu nome no blog do Monthiel.
Meu nome é Henry Jacyzin, tive o prazer de trabalhar ao lado deste grande homem, deste grande amigo e companheiro que foi o Monthiel.
Fomos contratados no mesmo dia, fizemos treinamento juntos e por muitos meses trabalhamos lado a lado, depois disso fomos para outros setores mas continuamos tendo contato. Almoçávamos juntos e no retorno para a empresa ele me confideciava os medos dele, contou que tinha perdido um irmão aos 29 anos devido à problemas cardíacos, problemas que ele também 'herdou', mas que estava fazendo tratamento. Dizia ter medo da morte, medo de morrer como o irmão.
Nós fumávamos juntos, depois de algum tempo ele parou de fumar e me encorajava a fazer o mesmo, se divertia dizendo que em 1 ano economizou $900,00.
Mesmo depois da saída dele da empresa continuamos tendo contato, inclusive compareci na festa de noivado dele e da Marcela, que aconteceu na casa dele.
Quando fiquei sabendo do falecimento dele - através de um amigo em comum que me comunicou a morte pelo msn - fiquei muito preocupado, tentei contato com a Marcela através do orkut, mas não obtive resposta - e entendo os motivos -.
Tanto eu como os colegas da mesma empresa procuramos informações que pudessem esclarecer o fato, inclusive fiquei muito decepcionado pois não consegui comparecer ao enterro.
Só para constar o Monthiel era um amigo inigualável, uma pessoa sensacional. Tinha muitos planos, queria ser um grande desenvolvedor e jornalista, pegou gosto pela escrita e sabia expressar muito bem suas idéias, gostava muito do blog que ele criou e dava muitas sugestões por msn.
Tenho certeza de que ele está sendo muito bem tratado, a missão dele por aqui foi cumprida, agora ele tem novos desafios no plano que está. Nada é por acaso, ele veio aqui justamente para mostrar que somos capazes, que podemos alcançar nossos objetivos e que nossos limites somos nós mesmos.
Saudades, esta é a palavra.

Grande abraço a todos!

planetadablogueira.com disse...

O post foi bem elaborado, parabéns, e quem sabe agora possamos fazer da blogosfera uma grande casa, como uma família! Amigos e pessoas que admiramos, visitanto, comentando, sendo solidários e não mesquinhos...
Onde quer que ele esteja está satisfeito, e vamos fazer sim da Blogosfera um mundo cada vez melhor!
Grande beijo, seguirei aqui!

Filipe Santos disse...

Ando há cerca de um ano na blogosfera e sempre tive uma grande consideração pelo amigo Monthiel e fiquei chocado com esta noticia, sentiremos saudades das suas palavras e ficaremos com o seu legado valioso que deixou na blogosfera.

Bem Haja MONTHIEL e até sempre

Ana Magal disse...

Planeta da Blogueira, obrigada por sua visita. É e ficamos na esperança de um dia a blogosfera comece a pensar do mesmo jeitinho que ele: seriamente.

Filipe, obrigada por suas palavras... E sei que ele deixou uma grande marcar em todos nós da blogosfera!

Tarcicio Andrade disse...

Soube com atrazo (1 de Abril de 2010). Lamento pelo ocorrido. Eu conhecia o Monthial da blogosfera. Que descanse em paz!

Cruz disse...

Lamentável saber disso, trabalhei com o Monthiel na LocaWeb em 2007. Fiquei sabendo agora pois não tinha mais contato com ele. Nem da pra acreditar, rapaz muito esforçado e inteligente.

Cris Alves disse...

Nossa, lamentável, o Monthiel era só mais um cara que queria um lugarzinho ao sol como qualquer outra pessoa, pensei que ele tivesse largado o blog para fazer outras coisas, agora percebo que ele não teve escolha. E fica a pergunta: Quando será a nossa vez? Valeu Monthiel!

Kaique disse...

Estou totalmente sem palavras.

Conheci o Monthiel em 2008. Não me lembro muito bem da relação que tínhamos na época, mas lembro de uma "reciprocidade blogueira", onde comentávamos um no blog do outro e nos seguíamos no Twitter.

Acabamos perdendo contato, e após três anos, no dia de hoje, ao visitar o seu blog descubro o falecimento daquele que também foi um dos meus condutores na blogosfera.

Uma pena, e realmente muito triste. Meus pêsames.

Postar um comentário

Leia as regras:
Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.

Não serão aprovados comentários:
* com ofensas, palavrões ou ameaças;
* que não sejam relacionados ao tema do post
* com pedidos de parceria;
* com excesso de miguxês CAIXA ALTA, mimimis ou erros grosseiros de ortografia;
* sem e-mails para resposta ou perfis desbloqueados;
* citar nome de terceiros em relação à apologias, crimes ou afirmações parecidas;
* com SPAM ou propaganda de blogs.

Importante:
* Diferença de opinião? Me envie um e-mail e vamos conversar educadamente.
* Parceria somente por e-mail.
* Dúvidas? consulte o Google!

Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!
OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e de sua autora.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 
;